contato@falandodecondominio.com.br

Pode ter botijão de gás dentro do apartamento no condomínio?

Vida em Condomínio

A dúvida se é melhor colocar o botijão de gás dentro ou fora de casa é um assunto bastante polêmico. Especialmente quando falamos de condomínios, em que as opções costumam ser mais restritas. Uma vez que, na maioria dos casos, a opção de deixar o botijão para fora não existe.

O botijão de gás ainda é a maneira mais comum de trazer o gás para dentro da cozinha. E, mesmo algumas cidades exigindo que o gás venha pela tubulação em condomínios de apartamentos, ainda é possível encontrar várias residências que precisam do botijão.

A grande questão, no entanto, é que em um apartamento as limitações são maiores do que em uma casa. E entender os riscos que o botijão de gás pode gerar é fundamental para garantir a segurança de todos.

Siga com a leitura e entenda melhor como instalar o botijão de forma adequada, mesmo que seja dentro do apartamento.

Botijão de gás fora de casa

Sempre que possível, a recomendação é que o botijão de gás fique fora de casa, ligado por uma mangueira comprida para chegar ao fogão.

Isso é importante pois o gás é altamente inflamável. Em casos de vazamento, portanto, o fato de ele estar ao ar livre facilita a dissipação do gás no ar. Ao contrário, quando o gás fica preso em um ambiente, qualquer faísca pode causar uma explosão.

Nos casos em que a mangueira não alcança o fogão, é importante usar uma extensão de cobre. E, mesmo com o botijão fora de casa, o ideal é que ele fique em uma casinha aberta e com circulação de ar.

E quando não é possível deixá-lo fora de casa?

Em casas em que não há estrutura para que o botijão de gás fique fora, não há muita alternativa.  Tente deixar o botijão perto de uma janela e deixá-la sempre aberta. Além disso, observe constantemente se não há cheiro de gás, o que pode indicar um vazamento.

Em prédios e condomínios novos, atualmente, é proibido o uso de botijão nas edificações que possuam instalação interna de gás canalizado e, ainda, para o uso do botijão nos prédios mais antigos, existem normas e regras que buscam regularizar as instalações e mecanismos de segurança, com o intuito de evitar consequências graves.

Em qualquer sinal de vazamento, não acenda a luz ou qualquer aparelho elétrico. Abra as janelas e portas para averiguar com mais cuidado a situação.

Ebook: Dicas para manter uma boa convivência em condomínio

Cuidados com o botijão

Independentemente de o botijão de gás estar dentro ou fora de casa, é preciso tomar alguns cuidados. São eles:

  • Mantenha o botijão sempre em pé, jamais deitado;
  • Sempre deixe o botijão em um local arejado para que o gás não fique retido no ambiente em casos de vazamento.
  • Use uma mangueira aprovada pelo Inmetro e, se houver a necessidade de uma extensão, procure um cano de cobre. Ele é mais caro, no entanto, é mais resistente e adequado;
  • Jamais passe a mangueira atrás do fogo para que ela não fique aquecida e, assim, comece a degenerar;
  • Jamais aqueça o botijão de gás com a expectativa de que ele vai render mais. Essa é uma atitude extremamente perigosa.

Vale dizer que uma instalação de gás mal realizada é tão grave quanto uma rede elétrica precária. Portanto, é fundamental que o gás, seja ele em botijão ou encanado, seja instalado por um profissional capacitado. E o mesmo vale para os aparelhos que o utilizam.

Ainda, é importante reforçar que usar o gás em um local fechado é extremamente arriscado. Portanto, mesmo que você more em um apartamento, tente deixar o botijão na área de serviço ou o mais perto possível da janela, que deve ficar sempre aberta.

Todo cuidado é pouco aqui e você não deve comprometer a sua segurança e nem a dos demais moradores do condomínio!Para conhecer mais sobre as vantagens e opções do botijão de gás dentro de residências, acesse este link.

Redação Portal

Redator

Acesse meu perfil

COMPARTILHE

Assine nosso newsletter

Inscreva-se para receber nossas novidades e promoções.