contato@falandodecondominio.com.br

Decoração de Natal sem dor de cabeça

Gestão de Condomínio
Para entrar no clima de Natal, os condomínios começam a se enfeitar. O ambiente fica mais alegre e aconchegante para receber moradores e visitantes. Mas algumas dicas podem evitar aborrecimentos, tanto em relação às despesas, quanto à manutenção da decoração.
Os especialistas afirmam que, geralmente, as despesas com decoração de Natal não envolvem alto custo e podem ser classificadas como despesas ordinárias. Entretanto, deve haver bom senso. Se toda a decoração for substituída e incluídos itens de alto custo, os valores deverão ser aprovada junto aos moradores.
Para os condomínios que querem enfeitar a área de convívio comum, mas estão com o caixa apertado, uma boa saída é apostar no reaproveitamento do material do ano anterior. Outra dica é priorizar o hall de entrada ou outro local com maior visibilidade.
Para não colocar a segurança em risco, é necessário verificar as condições elétricas do condomínio, para saber se há o suporte necessário para o uso de tantas lâmpadas.
Confira alguns cuidados com a iluminação natalina:
- Quando comprar os cordões de luz ou o tradicional pisca-pisca, dê preferência para os de boa procedência, com certificação de qualidade
- Quando reutilizar materiais, é importante verificar a condição dos fios e emendas. Revestir com fita isolante
- Confira se a capacidade e resistência dos condutores são suficientes para o material que será instalado
- Nunca substitua lâmpadas queimadas com o aparelho ligado na energia
- Antes de decorar fachadas, jardins e grades certifique-se de que não há umidade ou água no local. E, nesses casos, é importante utilizar fitas de alta fusão.

Redação Portal

Redator

Acesse meu perfil

COMPARTILHE

Assine nosso newsletter

Inscreva-se para receber nossas novidades e promoções.