contato@falandodecondominio.com.br

Gás interno x gás encanado no condomínio

Gestão de Condomínio

Gás interno ou gás encanado, qual a melhor opção para um condomínio?

Com a chegada de condomínios mais modernos e com gás encanado, essa se tornou uma dúvida bastante frequente. Afinal, empreendimentos com sistema de gás encanado oferecem uma série de benefícios para os moradores. Além de aumentar a segurança de todos.

Ainda assim, em muitos condomínios, o gás interno com o botijão é a única alternativa possível. Portanto, é importante tomar algumas medidas para que ele também seja instalado de maneira segura.

Quer entender um pouco melhor sobre o assunto? Então, não deixe de ler este artigo!

Gás interno em botijão

O gás interno é mais pesado do que o ar. Portanto, ele não se dissipa facilmente e dura mais.

Em muitos condomínios, o gás interno ainda é a única opção viável. Nesses casos, é preciso ter alguns cuidados para evitar acidentes.

Entre eles, é fundamental chamar um profissional para instalar e fazer a manutenção do botijão. Além disso, é importante que ele fique perto de uma janela e em uma área com grande circulação de ar.

Outro ponto importante é que o botijão deve sempre ficar na posição vertical. E, em casos de vazamento, você deve fechá-lo rapidamente e não ligar nenhum aparelho. Além de abrir as portas e janelas para o ar circular.

Gás encanado no condomínio

Ao contrário do que muitos acreditam, o gás encanado precisa de alguns cuidados para ser seguro, assim como o gás interno.

Esse gás é mais leve do que o ar e pode se dissipar facilmente. Portanto, é fundamental que a manutenção da tubulação esteja sempre em ordem.

Ele possui mais estabilidade que o gás interno em botijão. Portanto, sua chama é mais estável e apresenta uma pressão constante, o que acelera o tempo de preparo dos alimentos.

Ebook: Dicas para manter uma boa convivência em condomínio

O gás encanado demanda uma rede específica para instalação. Dessa forma, o projeto deve ser elaborado por um profissional capacitado. Para você ter uma ideia, instalações inadequadas podem resultar em contaminação do ar ou explosões. Por isso, é fundamental também haver medidas de combate a incêndios no condomínio.

Em comparação com o gás interno, o encanado tem benefícios com o fornecimento constante, além de não exigir o armazenamento do botijão dentro do apartamento.

Qual a melhor opção?

A escolha entre gás interno e gás encanado não é tão simples assim. Primeiro, é preciso que a região possua um sistema de gás encanado para que a estrutura seja instalada no condomínio.

Em algumas cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, há leis que obrigam o uso do gás encanado em condomínios. No entanto, a legislação varia e pode ser que no seu estado não haja nenhuma proibição de gás interno em apartamentos.

Em ambos os casos, para garantir a sua segurança e de sua família, certifique-se de que a instalação do gás foi realizada por profissionais capacitados. Se identificar algo estranho no sistema de gás, comunique imediatamente o síndico.

Para os apartamentos com gás interno, não deixe de tomar todas as medidas de segurança para que o botijão seja instalado corretamente. Em casos de vazamento, tire a família de casa, deixe o ar circular e chame um profissional para ajudá-lo.

Assim, independentemente de ter gás interno ou encanado, você estará seguro e poderá tirar o melhor proveito dele!Conheça mais sobre as opções de gás GLP para condomínios neste site.

Redação Portal

Redator

Acesse meu perfil

COMPARTILHE

Assine nosso newsletter

Inscreva-se para receber nossas novidades e promoções.