contato@falandodecondominio.com.br

Medidores inteligentes: faça o melhor gerenciamento das contas de água e gás .

Gestão de Condomínio
Medidores inteligentes: faça o melhor gerenciamento das contas de água e gás

Todo mês, boa parte dos recursos do condomínio é destinada às despesas de água e gás. Como muitos condomínios ainda não individualizaram essas contas, esses valores ficam embutidos na taxa condominial e os condôminos não têm muita noção de quanto recurso estão consumindo.

Por isso, muitos condomínios vêm buscando maneiras de modernizar seus serviços e uma delas é a individualização das contas de água e gás. Você pode conferir aqui as vantagens dessa individualização. 

Indo ao encontro dessa tendência de melhor administrar recursos e também de prevenir problemas ou acidentes, surgiram os medidores inteligentes. Já conhece?

O que são medidores inteligentes?

Os medidores inteligentes são um sistema de leitura de recursos (como água e gás) por meio de radiofrequência permitindo que se obtenha os dados completos para análise e gestão de recursos de um jeito muito mais simples.

Por meio dos medidores inteligentes, inclusive, é possível planejar ações rápidas e preventivas para combater desperdícios e vazamentos. 

No final de 2019, a SABESP (concessionária de água que abastece o Estado de São Paulo), anunciou que passará a usar a tecnologia IoT (Internet das Coisas) para medir o consumo de água dos seus clientes. 

A empresa testou o sistema em 2018 e, ao anunciar a medida, iniciou a instalação de mais de 100 medidores inteligentes nos maiores clientes da Grande São Paulo (incluindo alguns condomínios). Com essa mudança, os clientes passaram a ter suas contas medidas de maneira remota. 

A SABESP afirma que com essa iniciativa pioneira, reduzirá perdas de água, combaterá fraudes e ganhará a confiança dos consumidores. 

Checklist para síndicos e condomínios

Como funcionam os medidores inteligentes?

Equipamentos radiotransmissores são os responsáveis por tornar os dados dos medidores inteligentes acessíveis às leituras. O medidor velocimétrico é equipado com um rádio (que fica acoplado na parte de cima do medidor) e é preparado para emitir os dados para as leituras mensais daquele ponto de consumo e toda vez que o leiturista passar em frente ao condomínio (sem precisar entrar no local). 

Todas as informações são transmitidas para a nuvem e ficam disponíveis via web. Na plataforma, síndicos e moradores podem acompanhar o consumo por meio de um acesso com login e senha, de acordo com a empresa que for contratada. 

Os serviços de medição se dividem em duas modalidades: quando o condomínio já possui medidores individuais (com acompanhamento e verificação das cobranças e consumos) e para aqueles condomínios que ainda não possuem medidores nas unidades. No segundo caso, é feita a instalação de medidores em todas as unidades junto ao registro da água para que a empresa responsável tenha acesso às informações de consumo individual. 

Quais os benefícios dos medidores inteligentes?

As tecnologias estão disponíveis para facilitar o nosso dia a dia e tornar muitos processos mais eficientes. Sendo assim, listamos os principais benefícios dos medidores inteligentes:

  • os clientes têm mais controle do consumo de água e gás com informações mais detalhadas;
  • os medidores fornecem dados em tempo real e isso é bastante útil para agilizar manutenções em caso de interrupções do fornecimento do recurso;
  • o preço se torna dinâmico e varia de acordo com a demanda;
  • torna possível o uso de fontes alternativas de recursos;
  • as leituras do consumo são muito mais otimizadas e rápidas; 
  • os consumidores se tornam muito mais conscientes dos seus hábitos e passam a reduzir o desperdício.

Principais desafios para a implementação dos medidores inteligentes

Toda mudança requer cuidado e, principalmente, um forte processo de educação para que as pessoas se adaptem às novidades. Além disso, há outros desafios que o síndico ou a administração do seu condomínio poderá enfrentar para instalar os medidores inteligentes:

  • moradores que ainda têm resistência de usar certos tipos de serviços pela internet poderão ficar receosos quanto aos serviços e a disponibilidade dos seus dados online. Caberá, então, ao condomínio o cuidado de informar e sanar todas as dúvidas que surgirem para que todos os condôminos fiquem confortáveis e seguros com a mudança;
  • o condomínio precisará gerenciar muito bem os custos para implementação e manutenção do serviço, para que não surjam despesas não previstas no orçamento;
  • garantir a segurança e a privacidade dos dados será um desafio do condomínio e da empresa que prestará o serviço de medição. 

Qual o custo dos medidores inteligentes? 

O custo, em média, para a instalação do sistema de gerenciamento fica em torno de R$ 250 por unidade. Já para os casos de individualização, o valor de toda obra e instalação dentro dos apartamentos é de aproximadamente R$ 600 por unidade.

Além do custo de manutenção mensal que fica em torno de R$ 6  por unidade. Esses valores são de 2019. 

Redação Portal

Redator

Acesse meu perfil

COMPARTILHE

Assine nosso newsletter

Inscreva-se para receber nossas novidades e promoções.